Não gourmetize sem necessidade

Quem nunca se interessou em testar algum alimento da moda, que atire a primeira pedra! Se for dica de alguma blogueira, então, o produto fica sem estoque em poucos dias…

São tantas “promessas milagrosas” que as pessoas em geral chegam a ficar confusas e, às vezes, até consomem de forma ou em quantidades equivocadas.

É importante lembrar que a indústria fitness é milionária, e vários produtos tem um grande apelo midiático que pode seduzir até os profissionais.

Mas é importante que você que é nutricionista, médico ou estudante da área de saúde saiba separar o joio do trigo e não caia nos casos que chamo de “muito marketing e pouco produto”.

Na hora de prescrever o plano alimentar, lembre-se de não deixar a dieta do paciente excessivamente cara ou gourmetizada, sem necessidade, ainda mais em tempos de inflação e crise econômica.

Vale muito mais a pena que um paciente pague uma consulta particular em um bom profissional e economize em produtos e suplementos desnecessários!

Dá só uma olhada nessas comparações entre as versões ‘simples’ e gourmetizadas de alguns alimentos:

não gourmetize sem necessidade  não gourmetize sem necessidadenão gourmetize sem necessidade    não gourmetize sem necessidade          não gourmetize sem necessidadenão gourmetize sem necessidade