Periodização nutricional

Você já ouviu falar em periodização nutricional?

Antes, essa técnica só era utilizada por atletas profissionais, agora, com a popularização das informações sobre “vida fitness” alguns atletas amadores e praticantes habituais de atividade física estão optando por esse tipo de estratégia. 

Mas você sabe como ela funciona?

periodização nutricional - macrociclos (período completo da preparação)periodização nutricional - mesociclosperiodização nutricional

A periodização nutricional é o acompanhamento nutricional que parte da periodização do treino. É o treinador do atleta que monta a periodização dos treinos até a competição alvo. Todo o período da preparação é chamado macrociclo, que pode ser de alguns meses até alguns anos, mas em média dura de 6 meses a 1 ano.

Dentro desse macrociclo terão mesociclos, que duram de 2 a 8 semanas, mas em média de 4 a 6 semanas, definidas a partir de uma data futura (competição alvo, por exemplo). As estratégias mudam nesses ciclos que abrangem fases diferentes, como as chamadas preparatório geral, preparatório específico ou especial, competitivo e de transição.

Os objetivos mudam em cada fase, assim como o volume e intensidade do treino, que são as variáveis que mais vão determinar mudanças no planejamento alimentar. Assim, variáveis da dieta como calorias, carboidratos e proteínas, suplementos também devem variar de acordo com esses ciclos.

Por exemplo:

No período preparatório, normalmente o volume de treino é alto e a intensidade é baixa. O atleta não necessita nesse momento de tanto carboidrato ou de suplementos como creatina e beta-alanina. Também é o momento ideal para mexer na composição corporal ou testar estratégias diferentes, favorecendo as respostas adaptativas como a biogênese mitocondrial.

Já no período competitivo o volume de treino cai e a intensidade sobe, utilizando mais carboidrato no treino e suplementos como a creatina. É o momento de dar todo o substrato que o treino precisa, mas na medida certa, sem que o atleta ganhe peso desnecessário.

Essas são questões mais genéricas de periodização mas nem sempre se aplicam a todos os casos. Cada modalidade terá suas especificidades.

Existem ainda dois tipos de periodização diferentes, a linear e a ondulatória, embora ainda não exista muito consenso nessa questão dentre os profissionais da área do esporte.

Várias modalidades esportivas podem ser periodizadas dessa maneira, como a corrida, musculação, triathlon, lutas, cada uma com a sua especificidade.

>>> O nutricionista esportivo é capacitado para entender do metabolismo energético envolvido na atividade física, entender as especificidades de cada modalidade, e fazer um planejamento alimentar baseado na periodização dos treinos.

A nutrição será fundamental para otimizar os resultados de acordo com os objetivos de cada fase do treinamento.

Ficou com alguma dúvida?