Queda de cabelo

Até certo ponto a queda de cabelo é algo normal. Nosso cabelo cai e se renova diariamente. Pode parecer um pouco angustiante, mas todos nós perdemos entre 50 e 100 fios ao dia.

“É algo fisiológico. No couro cabeludo, há cabelos em diferentes estágios: alguns estão crescendo, outros estabilizados e outros devem cair” explica o dermatologista do Hospital Universitário de Navarra Leyre Aguado.

Mas e quando essa queda diária excede o que é considerado normal?

A queda de cabelo pode ter influência de diversos fatores: genéticos, emocionais, alterações hormonais, efeito colateral de algum remédio, fragilidade devido a procedimentos químicos como tinturas, alisamentos e relaxamentos… As possibilidades são inúmeras. Mas você sabia que o motivo da perda de fios pode estar relacionado a uma má alimentação?

A falta de nutrientes no organismo pode causar o enfraquecimento dos fios e, consequentemente, sua perda. Para manter uma boa saúde capilar é necessário ter uma boa alimentação.

Por isso, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar manter seus cabelos fortes, com brilho e um crescimento saudável, e ainda contribuir para a saúde geral do corpo:

 

Consuma proteínas em quantidade adequada:

Mais de 90% da fibra capilar é composta por proteínas. Logo, uma alimentação deficiente em proteína pode contribuir para um cabelo mais fraco e quebradiço.

 

Hidrate-se:

Os fios de cabelo também fazem parte do corpo, portanto é importante que a hidratação sistêmica esteja adequada para que a hidratação do couro cabeludo também esteja. 

 

Tenha uma alimentação equilibrada que contemple vitaminas e minerais:

Os micronutrientes são os principais elementos do ciclo do folículo capilar, desempenhando papel na renovação celular, divisão e proliferação dos fios.

A vitamina A é necessária para o crescimento e diferenciação de novas células, incluindo as do couro cabeludo. Mas cuidado, em excesso essa vitamina pode ter efeito contrário e provocar queda do cabelo.

Várias vitaminas do complexo B são importantes para a saúde capilar. Principalmente a vitamina B7, a biotina, cuja deficiência leva a cabelos quebradiços e menos resistentes. A vitamina B12 é essencial para formação do DNA e células vermelhas, fatores importantes para proliferação do folículo capilar.

A vitamina E é um potente antioxidante e a vitamina C, encontrada facilmente em frutas e vegetais, é essencial para formação de colágeno e ligação das fibras de queratina.

A vitamina D modula o crescimento e a diferenciação dos queratinócitos. A deficiência de selênio e zinco, afeta a formação de proteínas e está associada à queda dos fios e à despigmentação. Enquanto o cobre também participa da formação de queratina. 

Um dos sintomas da deficiência de FERRO é a queda de cabelo!

O ponto chave para que qualquer mudança alimentar ou suplementação tenha o efeito desejado é realizá-la de forma individualizada. Por isso, suplementos genéricos muitas vezes não solucionam o problema, é preciso avaliar caso a caso e identificar o que pode ser corrigido.

 

Refs:

doi: 10.1007/s13555-018-0278-6

doi: 10.1016/j.det.2012.08.015